Tags

,

Depois de ouvir alguns comentários , ver a depreciação e a apreciação de várias bebidas alcoólicas por uns e outros tive uma idéia: discorrer sobre a questão das pessoas beberem álcool. Talvez muitas pessoas achem isso uma besteira, entretanto, se pararmos para observar esse é um assunto que envolve muito mais fatores que uma pessoa e um copo.

Algumas vezes perguntei a amigos meus se eles gostavam do gosto das bebidas alcoólicas que consumiam. Alguns me disseram que sim, outros que não, entretanto todos bebiam. Aquilo me incomodou. O que fazia alguém ingerir uma coisa que não agradava o se paladar e que não era necessária ao seu organismo? Vamos e convenhamos o álcool nas bebidas normalmente não tem um cheiro muito bom, seu gosto costuma tender ao amargo e em alguns casos provoca uma sensação de queimação.

As pessoas costumam beber álcool quando estão acompanhadas de amigos, quando estão em festas, quando acontecem ocasiões especiais. Acredito eu, que se o álcool fosse uma bebida consumida por seu gosto bom as pessoas costumassem bebê-la constantemente e quando estivessem sozinhas, não em companhia de outros. Normalmente, a bebida alcoólica costuma ser consumida por uma pessoa sem a companhia de outras, apenas quando essa é dependente de álcool.

Andei procurando pela net, textos relacionados ao tema e observei que na maioria dos fóruns as pessoas perguntam sobre como diminuir o sabor do álcool nas bebidas. Outro sítio apresentava uma pesquisa que mostrava como fatores culturais influenciam no consumo de bebidas alcoólicas. Algumas coisas que também observei em relação ao álcool é que as crianças esperam ansiosas por completarem determinada idade e poderem consumir álcool. Isso acontece devido o consumo de álcool ser algo que apenas os adultos devem fazer assim, o consumo do álcool é um dos fatores que caracterizam alguém adulto.

 O uso do álcool se dá, em meu ponto de vista, muito mais por causa da influência cultural e da tentativa de auto-afirmação, da vontade de fazer parte de uma turma, etc. do que por causa do próprio sabor da bebida. Em festas de amigos, é comum que sejam feitas brincadeiras onde o perdedor bebe álcool como punição; outras onde quem beber mais e ficar bêbado mais devagar é o vencedor. É possível observar, que nessas brincadeiras o objetivo não é o prazer proporcionado pelo sabor da bebida, mas ver quem consegue resistir mais tempo aos seus efeitos. Assim podemos concluir que não existe prazer em sentir o sabor, mas sim em conseguir beber algo que trás tantos efeitos desagradáveis ao nosso organismo. Álcool, nas vias de fato, não dá prazer, mas comprova a resitência (o que pode ser visto como um tipo de prazer). Logo é um sinal de força, virilidade e machesa. CONSEGUIR beber álcool é como poder comprar roupas de marca: Confere status positivos a quem faz uso!

http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3974&ReturnCatID=1617

Anúncios